INTERESSADOS DIRETAMENTE COM O DIAP

 
Veja nossa localização
e entre em contato
 
FILIADA A
 
 
 
 
 
 

Informes

Os Tijolaços de “Brizola “ são uma aula de política e amor ao Brasil - DANIEL MAZOLA

O companheiro de lutas, vereador Leonel Brizola Neto (PSOL-RJ) convida para debate e lançamento do livro ‘TIJOLAÇOS’ de Leonel Brizola. Será dia 26 de junho, segunda-feira, 18 horas, no Circo Voador (Rua dos Arcos, s/n – Lapa – Rio de Janeiro). A impressionante atualidade dos textos nos dará uma indicação das respostas que precisamos hoje, será certamente uma ótima oportunidade para debatermos o Brasil sob a ótica do brizolismo.

 

Poucos dias antes de falecer, o ex-governador esteve em uma tradicional livraria de Ipanema no lançamento do livro 'O Dia Em Que Getúlio Matou Allende e Outras Novelas Do Poder' de Flávio Tavares, aproveitei e perguntei como ele via os rumos do governo Lula, disse ele: "com Henrique Meireles na economia seguimos como antes, nada mudou".

 

Nos anos 1980 aprendi a gostar de política lendo principalmente os 'Tijolaços' de Brizola, o inimigo número um da rede Globo e da ditadura civil-militar-empresarial de 1964. O velho Briza nunca fez pacto com o demônio. Seu patriotismo não permitiria jamais. Ser inimigo número um daqueles golpistas é a maior honra que Leonel Brizola levou para o túmulo.

 

Foi comovente a sua histórica dedicação à causa da educação, num país de analfabetos e semialfabetizados. De inocentes úteis e meros teleguiados. De cidadãos pela metade. Foram 6.000 escolas no Rio Grande do Sul e 603 CIEPs no Estado do Rio de Janeiro. Projeto redentor, os Centros Integrados de Educação Pública, se houvessem funcionado plena e normalmente como sabiamente planejado, uma nova geração de verdadeiros cidadãos brasileiros já haveria florescido. Obrigado pelo convite, nossos filhos merecem essa aula!

 

Release - O livro inédito Tijolaços é uma seleção de artigos escritos por Leonel Brizola entre os anos de 1980 e 2000. Durante duas décadas, após seu retorno ao Brasil e a retomada de sua vida política, Leonel Brizola foi implacavelmente combatido, tanto pela esquerda que se formou na segunda metade dos anos de 1970, quanto pela direita herdeira do legado lacerdista. Os meios de comunicação, principalmente as Organizações Globo, diuturnamente era o meio de vociferação dessas críticas. Numa época em que não havia internet, em que a Rede Globo detinha 85% da audiência, em que a memória política do País tinha sido cortada por longos 21 anos de ditadura militar, Leonel Brizola só conseguia se defender e divulgar suas ideias e realizações comprando espaço em jornais para publicar artigos. Daí a origem dos Tijolaços.

 

Nesses textos, Brizola discutia a conjuntura política, combatia as manipulações da Rede Globo, denunciava a farsa do PMDB, lutava contras as perdas internacionais e tecia as propostas para o desenvolvimento social do nosso povo. O leitor deste livro poderá verificar que o ex-governador viu com antecipação o que está acontecendo hoje no Brasil.

 

BRIZOLA, Leonel. Tijolaços. Rio de Janeiro: Galpão de Ideias Leonel Brizola, 2017. www.galpaoleonelbrizola.com.br

 


•  Voltar aos Informes
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Fedcont - Federação dos Contabilistas nos Estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Bahia
Av. Presidente Vargas, 502 / 8° andar - Ed. Sisal
Centro - Rio de Janeiro / RJ - CEP: 20071-000
Fone: (21) 2220-4358  /  Fax: (21) 2532-5259  /  E-mail: fedcont@fedcont.org.br