INTERESSADOS DIRETAMENTE COM O DIAP

 
Veja nossa localização
e entre em contato
 
FILIADA A
 
 
 
 
 
 
 

Biblioteca

Presidente Debate Reforma Sindical

O Presidente da Federação dos Contabilistas nos Estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Bahia, Contador Luiz Sergio da Rosa Lopes, participou como debatedor do "Painel sobre Reforma Sindical Brasileira e o Futuro dos Profissionais Liberais do Brasil", em Salvador no dia 12 de novembro de 2004, durante a realização do X Encontro de Contabilistas, Entidades e Empresas de Serviços Contábeis do Estado da Bahia.
O outro debatedor foi Deputado Federal Nelson Pelegrino - PT/BA, ex-líder da bancada e candidato à prefeitura de Salvador em 2004.
Em sua exposição o presidente Luiz Sergio atacou a reforma sindical do governo, segundo ele nada mais é do que a aplicação do Consenso de Washington, que representa o aprofundamento das teses neoliberais que são, redução de direitos, diminuição do Estado através das privatizações e valorização do "mercado". Disse Luiz Sergio que a proposta de Reforma Sindical do Governo é um retrocesso com relação a atual sistema sindical brasileiro. Com relação aos profissionais liberais, disse Luiz Sergio que se vigorar a proposta tal como está elaborada, significa o fim do conceito de categorias diferenciadas. Todos serão considerados membros da categoria majoritária. Por exemplo, numa empresa metalúrgica além dos profissionais dessas categorias, todos as demais profissões serão também consideradas metalúrgicas, como engenheiros, contabilistas etc.
Luiz Sergio defendeu também o projeto de lei preparada pelo FST - Fórum Sindical dos Trabalhadores que é composto pelas Confederações, Federação e Sindicatos que foram excluídos do FNT - Fórum Nacional do Trabalho, também chamado de "fórum chapa branca", pois é composto pelo Governo, Empresários e pelas Centrais Sindicais. O projeto do FST regulamenta todo o artigo 8º da Constituição Federal
Para Luiz Sergio o que mais causa perplexidade é o fato de essa Reforma está sendo proposta por ex-líder sindical que durante antes conviveu com esse sistema, o mesmo que o levou à Presidência da República.
Em sua exposição o deputado Nelson Pelegrino se limitou a dizer que realmente a Reforma não é boa e que ela representa o receituário do Consenso de Washington e que são neoliberais.
Segundo o Deputado o Governo não tem condições de enviar ao Congresso Nacional a Reforma Sindical. Disse o deputado que assim que reassumir o mandato em Brasília vai assinar o Projeto de Reforma Sindical do Fórum Sindical dos Trabalhadores, que tem como autor o Deputado Sergio Miranda do PC do B de Minas Gerais. 


•  Voltar a Biblioteca
 
 
 
 

Boletins em fase de reformulação

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Fedcont - Federação dos Contabilistas nos Estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Bahia
Av. Presidente Vargas, 502 / 8° andar - Ed. Sisal
Centro - Rio de Janeiro / RJ - CEP: 20071-000
Fone: (21) 2220-4358  /  Fax: (21) 2532-5259  /  E-mail: fedcont@fedcont.org.br